quinta-feira, 25 de junho de 2009

Destino.

Eis que caminhei durante toda a vida, busquei. Aspirei dores, cumputei dores e da mesma forma, eu congelei minhas dores. Aleguei não existir caminho. Hipotéticamente, afirmei que havia chegado ao fim toda a insanidade necessária para se aquecer um coração. Como o abraço, todos haviam se congelado. O coração havia quebrado. Partido esporádicamente em pequenos fragmentos. Eis que um dia eu cheguei. Não cheguei em final nenhum. Não. Não terminei caminho algum. Apenas cheguei. Quando todas as nuvens começaram a desaparecer; o sol havia abraçado o céu e o mundo. os sorrisos ganhavam novas cores, as canções ganhavam novos sentidos. E eu, eu sorria, feliz, enquanto o vento batia em minha face. Eis que encontrei. Te encontrei, me encontrei em ti.

2 comentários:

  1. concorrência *-*
    Iehiwheiwheihwie


    que lindo esse blog *-*
    que lindo esse texto;

    mas você sabe que EU te encontrei e ME encontrei em ti nas mesmas proporções =)

    EU TE AMO MUITO, MEU BEBE (L)

    ResponderExcluir
  2. olhaa a concorrência do Vini DHOASUHDAOSHDOUASDS
    o blog ta muito lindo amiga, adoro os seus textos .D

    <3

    ResponderExcluir