terça-feira, 28 de setembro de 2010

Finja que acorda todos os dias pensando em mim. Que sonha comigo todas as noites e que sou a ultima coisa que pensa antes de dormir.

Continue dizendo que sou a garota perfeita e que jamais encontraria outra que se encaixasse tão bem a você. Todos os dias.

Faça-me acreditar que sou a garota mais interessante do mundo.

Não espere muito de mim. Não crie expectativas. Não me pressione. Pelo menos não demonstre.

Não acenda a luz e nem reclame da minha ignorância ao acordar. Pelo menos finja que isso não lhe incomoda.

Siga-me sempre e siga me olhando por todos os caminhos aonde eu vou. Continue me segurando todas as vezes em que ameaço cair.

Compartilhe comigo todos os seus conflitos internos. Seus cansaços e seus medos. Não se assuste com minha maneira louca de ver as coisas.

Não queira me ver chorar como uma criança todas as vezes em que briga comigo. Que me julga, ou que diz que estou errada.

Mostre-me que minha teimosia não lhe fere. Que minha ironia não lhe atinge.

Tente aceitar minha TPM imensuravelmente irritante. Ela passa. Me acalme da maneira que só você sabe. Que só você aprendeu. Me abrace e diga que vai ficar tudo bem...

Diga que me ama quando eu acordo toda descabelada, com mau hálito e com a maquiagem borrada.
Não tenha medo de tirar o meu gloss depois da minha sagrada uma hora em frente ao espelho.

Acredite no que digo e dê risada quando acredito nas coisas idiotas que você diz e que nem uma criança acreditaria... Pra depois se orgulhar da confiança que deposito em ti.

Eu me orgulho também.
Sorria todos os dias. Me ilumine.

Só você pra me mostrar que todo e qualquer pequeno detalhe, bom ou ruim, faria uma enorme diferença na minha vida. E que esse papel, desafiador, só cabe a você. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário