quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Eu passei a vida inteira me escondendo atrás do pessimismo, mostrando o quanto as coisas poderiam dar errado. Talvez porque eu queria que a decepção não fosse tão grande. E já dizia alguém: Quanto maior a expectativa, maior a decepção
Mas, na verdade, atrás da máscara, está todo o meu otimismo, todos os sonhos, o tanto que eu espero que as coisas dêem certo, a minha grande fé pelo mundo e todas as decepções que eu já tive e que eu deixei pra lá... 
Guardei-as numa caixinha porque, e daí, né? Eu nem esperava muita coisa mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário