terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Desabafo I

Pode ser que a outra pessoa seja o oposto de você ou pode ser que vocês tenham gostos parecidos e opiniões em comum na maioria dos casos. Pode ser que seja ele ou ela aquela pessoa inteligente, romântica ou bonita que você sempre sonhou ou, até mesmo, que seja essas três coisas juntas. O fato é que não é isso que vai definir o seu grau de felicidade e não é isso que irá lhes garantir um relacionamento perfeito e infindável. Não é a teoria clichê de que os opostos se atraem que vai fazer a vida dar certo quando vocês começam a discutir sobre a cor do quarto do bebê ou sobre o que vão comer no jantar. Não é o cara romântico que vai lhe garantir que você tenha tudo o que você precisa na vida. Porque não é verdade que o amor resista a tudo. Talvez, o amor até resista. Mas nós, humanos de carne e osso, não. Não adianta passar a vida esperando pela perfeição quando ela não existe. Quer dizer, acredito que somos todos perfeitos. Perfeitos idiotas. Perfeitos humanos. Perfeitos apaixonados. Perfeitos em tudo. Porém quem foi que definiu o que era perfeito ou não? Senso comum, talvez. No final um casal acaba se completando em perfeições e imperfeições. E o que basta é que possam se amar dentro de cada detalhe imperfeito. Às vezes as coisas não são exatamente da maneira como imaginamos e parece que somos mestres em uma coisa: Em nos decepcionar. Mas não é bem assim. Que tal tentar enfiar na cabeça que não é só dinheiro e casa bonita que faz uma família perfeita? Não é só poesia e carinho que faz uma mulher completa. No começo parece que sim... Depois a gente descobre que não. Depois a gente acaba por querer cada vez mais. Antes de tudo isso a gente já criou as expectativas. Depois disso tudo a gente já se decepcionou. É meio que um ciclo vicioso. Mas não é errado. Errado é acreditar em frases feitas. Errado é querer ser feliz dentro de um padrão imposto por sociedade. Errado é fingir que se é feliz. Errado é se obrigar a ser feliz porque acha que está fazendo a coisa certa. Nas sábias palavras de Anitelli, ‘’ Acredito que errado é aquele que fala correto e não vive o que diz’’.

Nenhum comentário:

Postar um comentário